Governo lança novo edital de programa de iniciação científica com 500 bolsas para alunos e professores da rede pública

Categoria: CIÊNCIA TECNOLOGIA & INOVAÇÃO | Publicado: sexta-feira, maio 13, 2022 as 10:18 | Voltar

O Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e da Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul), lança a segunda edição do PICTEC ((Programa de Iniciação Científica e Tecnológica de MS) na segunda-feira (16), a partir das 10 horas da manhã, no auditório do Bioparque Pantanal. O evento vai contar com a presença do governador Reinaldo Azambuja; do secretário Jaime Verruck, da Semagro; do secretário adjunto, Ricardo Senna; da secretária de Educação, Maria Cecilia Motta; além de gestores de ciência e tecnologia, e professores e alunos da rede pública de ensino do Estado.

“Não se faz educação sem pesquisa. Nosso entendimento é de que, de forma estratégica, a pesquisa deve ser estimulada desde a educação básica. Com o PICTEC, nós estamos oferecendo esta oportunidade para alunos e professores da rede pública de ensino e colaborando com a produção científica das futuras gerações”, afirma o secretário Jaime Verruck.

O PICTEC é o maior programa de iniciação científica da história de Mato Grosso do Sul, por meio do qual são garantidas bolsas de estudo no valor de R$ 400,00 para alunos da rede pública de ensino ao mesmo tempo que desperta o talento e a vocação para a pesquisa nestes jovens. Os professores que atuam como coordenadores destes projetos também recebem bolsas, no valor de R$ 800,00. Em sua segunda edição o PICTEC ofertará 400 bolsas de R$ 400,00 para alunos e 100 bolsas de R$ 800,00 para professores/coordenadores. Serão R$ 2,8 milhões em investimentos próprios do Governo de Mato Grosso do Sul.

De acordo com o diretor-presidente da Fundect, Márcio de Araújo Pereira, o PICTEC é uma grande conquista para a ciência, a pesquisa e a educação de nosso Estado. “O governador Reinaldo Azambuja se destaca por incluir os alunos da rede pública na pesquisa, para que o Estado avance na ciência e tecnologia desde a escola. Vamos dar um salto na educação com este edital que nada mais é do que um grande sonho de todos nós que trabalhamos com ciência e educação, sonho que se tornou realidade com a parceria e colaboração de diversos agentes”, afirmou Márcio Pereira.

Os participantes do evento não terão acesso ao espaço de visitação turística do Bioparque (tanques e aquários), uma vez que esse acesso somente pode ser realizado por meio de agendamento prévio, disponível em https://agendamento.bioparquepantanal.ms.gov.br/.

Publicado por: Marcelo Armôa, Assessoria de Comunicação da Semagro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.