Governo de MS propõe consórcio de governadores para aproximar economias e potencializar Rota Bioceânica

Categoria: CORREDOR BIOCEÂNICO | Publicado: terça-feira, maio 31, 2022 as 14:34 | Voltar

Ao menos 10 governos locais das regiões que estão no trajeto da Rota Bioceânica devem firmar um acordo de cooperação técnica visando a criação de um consórcio de governadores para estreitar as relações institucionais, aproximar as economias e potencializar as oportunidades de desenvolvimento de todo o entorno do corredor logístico que vai interligar Mato Grosso do Sul ao Paraguai, Argentina e Chile.

A proposta foi feita pelo govenador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), em reunião realizada na sexta-feira (27) em Campo Grande. O encontro foi realizado após o 1° Fórum de Integração dos Municípios do Corredor Bioceânico e contou com a presença do Governador de Antofogasta, Ricardo Diaz Cortes; Governador de Tarapaca, José Miguel Gallardo; Governadora Regional Del Maule, Cristina Bravo Castro; Governador de Conceição, Edgar Idalino Lopez Ruiz e do Ministro de Carreira do MRE, João Carlos Parkinson.

“Mato Grosso do Sul já está fechando um acordo de cooperação institucional e técnica com o governo de Antofogasta. Isso já está em nível de chancelaria e deve ser finalizado nos próximos quinze dias. A ideia é que os outros governadores também sejam incluídos. Essa foi a proposta do governador Reinaldo, criarmos uma espécie de consórcio de governadores da rota bioceânica”, informou o secretário Jaime Verruck.

A ideia, de acordo com o titular da Semagro, é que o Governo de Mato Grosso do Sul faça esse processo de liderança. “Nós convidaremos também os governadores do Paraguai, da Argentina e do e o Chile que são diretamente impactados pela rota. Estimamos que sejam em torno de dez estados que participariam desse consórcio, onde serão discutidas ações mais regionalizadas, com a participação dos governos nacionais e inserção do setor privado”, finalizou Jaime Verruck.

Fotos: Edemir Rodrigues, Subcom

Publicado por: Marcelo Armôa, Assessoria de Comunicação da Semagro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.