Com apoio da Semagro, empresa cria sistema inédito de truques ferroviários totalmente sul-mato-grossense

Categoria: FERROVIA, Geral, TRANSPORTE E TRÂNSITO | Publicado: terça-feira, abril 19, 2022 as 09:08 | Voltar

Com a proposta de trazer inovação ao sistema ferroviário do Estado diante da perspectiva de retomada da Malha Oeste e início da obra da Ferroeste, uma empresa totalmente sul-mato-grossense apresentou ontem (18) ao governador do Estado, Reinaldo Azambuja, ao secretário de Produção, Meio Ambiente e Agricultura Familiar Jaime Verruck e prefeitos do interior um equipamento que promete revolucionar a indústria ferroviária. A apresentação ocorreu durante o evento de entrega de 363 equipamentos agrícolas, na Cepaer (Centro de Pesquisa Agropecuária da Agraer). O centro é um ambiente de difusão de tecnologias voltado para o agronegócio.

Com desenvolvimento e tecnologia 100% sul-mato-grossenses, o M-TRUCK é, a evolução dos truques ferroviários, que são o conjunto de rodas, sapatas de freio, rolamentos, molas, eixos e barras estabilizadoras que permite a rodagem dos trens sobre os trilhos.

Governador Reinaldo conhece o sistema da empresa de truque ferroviário que está sendo testado na Cepaer - Kelly Ventorim

De acordo com o gestor comercial da empresa Evoll, Daniel Rossi, o sistema é “revolucionário, disruptivo e seguro”. “Ao contrário dos atuais truques ferroviários que são rígidos e instáveis, produzindo alto atrito de suas rodas com os trilhos e descarrilando facilmente, o truque que desenvolvemos é articulado, o que o permite fazer curvas em perfeita interação com a via – isso se traduz em sensível redução atrito”, salientou explicando que menos atrito gera preservação de rodas e de trilhos e economia de combustível.

Outro ponto destacado pelo engenheiro Manoel Rodrigues de Lima, diretor da empresa, foi que o sistema permite que a elevada carga contida nos vagões se torne um elemento a ser aproveitado para conferir maior estabilidade às composições ferroviárias, permitindo o aproveitamento da energia cinética gerada pelas altas cargas em movimento. “O M-TRUCK foi projetado para enfrentar os maiores vilões do transporte ferroviário: altos gastos com combustíveis, elevado desgaste de trilhos e rodas e os descarrilamentos”, afirmou.

O secretário de Produção Jaime Verruck ressaltou a importância do desenvolvimento de novas tecnologias nas ferrovias. “Precisamos de novas tecnologias. O que vemos aqui é uma tecnologia de transição. O que temos, o que podemos adaptar. Esta é a nossa meta. Mato Grosso do Sul tem buscado investimento nas suas ferrovias e com certeza este projeto nos permitirá avançar neste sentido. É um orgulho que esta tecnologia está nascendo em nosso Estado“, elogiou.

Deputada federal Tereza Cristina também conheceu o sistema

Durante a apresentação, que também contou com a presença da deputada federal Tereza Cristina, o engenheiro agradeceu o apoio da Semagro que cedeu espaço para as pesquisas da empresa. “A pista que construímos na Cepaer, com o valioso apoio do Secretário Jaime Verruck e do assessor de logística Lúcio Lagemann, para a fase de testes do M-Truck, em escala de 5 para 1, segue todos os parâmetros estabelecidos para a engenharia ferroviária”, enfatizou o engenheiro.

Na avaliação de Lima, os resultados dos testes de consumo, atrito, inércia, força de engate, de desgaste de rodas, desgaste de trilhos, estabilidade, dentre outros, encaminharão o projeto para mercado e para o mundo. “Estamos confiantes nos bons resultados do projeto”, concluiu o diretor da empresa.

Fotos - Kelly Ventorim

Publicado por: Rosana Siqueira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.