Governo do Estado investe R$ 3 milhões em pesquisas relacionadas às culturas da soja e milho

Campo Grande (MS) – A Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado do Mato Grosso do Sul (Fundect), órgão vinculado à Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), está com mais um edital aberto, desta vez voltado a pesquisas na área do milho e soja.

O edital é uma parceria com o Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja (Fundems) e destina R$ 3 milhões para pesquisas em duas linhas temáticas. A primeira é a validação regional de materiais genéticos e tecnologias de produção de milho e soja, a segunda contempla tópicos como o uso de dejetos de suínos na cultura da soja e milho, manejo da fertilidade em solos arenosos e adubação, consórcio de soja com capins e monitoramento de parâmetros climáticos para o aperfeiçoamento do manejo de doenças da soja.

Podem concorrer aos recursos, pesquisadores doutores vinculados a instituições científicas e tecnológicas, fundações e universidades sediadas no Estado do Mato Grosso do Sul. As propostas deverão ser cadastradas no SigFundect (www.fundect.ledes.net ) até o dia 23 de setembro.

Todas as informações sobre o certame podem ser obtidas no edital, leia clicando AQUI.

Fundems

O Fundo foi instituído pelo Governo do Estado com o objetivo de desenvolver pesquisas e dar suporte tecnológico e de infraestrutura ao setor agrícola. Além de estudos na área, o Fundems tem ainda a finalidade de proporcionar melhorias no processo de produção, armazenamento, comércio e transporte dos grãos e também de propiciar a execução de ações para prevenção e erradicação de doenças que afetam a soja e o milho.