Mais um conjunto de banheiros reformados é entregue ao público no Parque das Nações Indígenas

Campo Grande (MS) – Mais um conjunto de banheiros que passou por reforma completa foi entregue ao uso público no Parque das Nações Indígenas. O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, esteve no Parque na tarde desta quarta-feira (14), vistoriou e recebeu a obra dos técnicos da Agesul (Agência de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul). Também acompanharam a vistoria o diretor presidente do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, que é o gestor do Parque), Ricardo Eboli; a diretora de Desenvolvimento Thaís Caramori e o gerente de Unidades de Conservação do Instituto, Leonardo Palma.

O Núcleo de Apoio Básico – composto por três prédios – localizado abaixo do Museu Dom Bosco passou por reforma completa na parte de alvenaria, pintura, redes elétrica e hidráulica. O telhado foi trocado, assim como portas, vidros e luminárias e as escadas que levam até o mirante sobre o bloco dos banheiros ganhou corrimões com sinalização tátil para deficientes visuais. Os banheiros ganharam revestimento cerâmico nas paredes e troca de piso, pias e vasos novos. Além dos conjuntos sanitários masculino e feminino – que já existiam – também foi construído um banheiro para portadores de necessidades especiais.

Câmeras

Esse é o segundo Núcleo totalmente reformado e disponibilizado para uso dos frequentadores do Parque. O primeiro a ficar pronto foi o Núcleo localizado abaixo da Fundação de Cultura. Jaime Verruck também esteve no local e constatou que as instalações estão preservadas. “Nossa preocupação, agora, é que não ocorra mais depredação. Instalamos câmeras que gravam as imagens 24 horas por dia, portanto se acontecer qualquer ato de vandalismo aqui, fica registrado e a Polícia tem como identificar o autor”, frisou.

O secretário lembra que o Parque é da família campo-grandense e todos têm o dever de zelar por sua conservação. “É nossa obrigação cuidar, não jogar lixo, não deixar torneira aberta, proteger as plantas e animais e fazer uso consciente das estruturas disponíveis à população. Os banheiros, que era a grande demanda da população, agora estão reformados, limpos, modernos. Vamos manter tudo em perfeitas condições e se ver alguém depredando, vamos avisar a Polícia ou a Guarda Patrimonial para que tomem as providências necessárias.”

Mais obras

As obras, agora, concentram-se no Núcleo localizado ao lado do Lago Principal, que deve ser entregue até o próximo mês. Jaime Verruck explica que foi priorizada a reforma nos três núcleos que ficarão para uso público. Os outros três núcleos são usados pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e pela Administração do Parque. Serão reformados em seguida.

O investimento total no Parque das Nações chega a R$ 946.580,00 e contempla, além da reforma dos Núcleos, a substituição das lâmpadas por modelos de LED nas luminárias do setor de quadras esportivas e pista de Skate, reforma do Posto Policial (Pelotão Comunitário do PNI) e das Guaritas (portarias de acesso) e ampliação da rede de monitoramento com a instalação de mais câmeras. Outras melhorias serão executadas por equipes do próprio Parque, como a recuperação e pintura das grades. Nesse trabalho serão investidos mais R$ 77 mil. Só com a compra das tintas para a pintura do gradil serão gastos R$ 15 mil, e a mão de obra será dos reeducandos.

Adote PNI

Jaime Verruck explicou que esses recursos são oriundos de compensação ambiental. “Grandes empresas precisam compensar o Estado pelos impactos causados por seus projetos e esses recursos são revertidos em benefício da população, como é o caso das melhorias no Parque das Nações Indígenas”.

Após a conclusão da reforma, o Estado pretende repassar o uso e responsabilidade de conservação desses núcleos a empresas e instituições através do projeto Adote PNI. Esses parceiros terão o compromisso de dar manutenção aos banheiros e mantê-los abertos ao uso público. Por dia, durante a semana, circulam pelo local em média 2 mil pessoas e nos fins de semana o número de frequentadores salta para 4 mil pessoas/dia.

Veja mais fotos na galeria abaixo: